Notícias - OFÍCIO CIRCULAR Nº 1/DSSV/2017

06/01/2017

Os serviços oficiais espanhóis notificaram, no final de Dezembro de 2016, a presença de
Candidatus Liberibacter solanacearum em batata na região da Cantábria.
Trata-se de uma bactéria presente no continente americano e na Nova Zelândia associada a
solanáceas, tais como batata e tomate, sendo transmitida nessas culturas por um psilídeo
Bactericera cockerelli, que até à data não foi detetado na Europa.

Consulte a Circular no link abaixo: